lunes, 1 de abril de 2013

O voo do falcão

por Adriano Gambarini 


Me disseram que eu nasci para voar.


Que dos altos penhascos eu observaria o mundo.


O vasto azul do céu? Lá seria meu palco, meu pano de fundo.
O vento seria o limite, e em tudo mais que o prazer da vida consiste.
Só não me disseram onde eu não poderia pousar.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...