miércoles, 3 de abril de 2013

Leitores do G1 mostram suas melhores fotos com o tema 'raios'


Patricia Marcondes gosta de fazer imagens noturnas do céu e estava há mais de 1 ano tentando fotografar raios quando fez esse registro no interior de SP. ‘Quando vi que os raios eram nítidos e estavam caindo a todo instante, corri para pegar a máquina’ Patricia Marcondes/VC no G1


Um chicote no céu do Rio. Foi o que flagrou o fotógrafo e videomaker André Castilho, 20 anos, em uma forte chuva no verão carioca. “Só trabalhei contraste um pouco e ficou essa cor.” Ele conta que fotografou do escritório em Botafogo com uma Nikon D300 André Castilho/VC no G1


“Pode parecer montagem, mas só usei o Lightroom para tratamento de cores”, garante Rodrigo Pessoa Korn, que fez essa imagem em Valentim Gentil, SP. “Fiquei meia hora deitado até obter essa foto com uma lente olho de peixe” em uma D300S da Nikon Rodrigo Pessoa Korn/VC no G1


O geólogo Marlon Delai fez a foto da janela de sua casa, no Maracanã, utilizando uma Nikon D7000. ‘Parecia que uma tempestade iria assolar o Rio de Janeiro, porém o que vimos foi muitos raios, que embelezaram a noite, e a chuva, não passou de uma garoa’ Marlon Delai/VC no G1


“Estava em Marataízes, litoral do ES, e queria uma imagem da lua cheia. Mas o tempo colaborou dessa forma: raios”, diz o engenheiro químico José Augusto Brunoro Costa, de 54 anos. Ele usou uma Canon T3i para tirar essa foto na Semana Santa do ano passado José Augusto Brunoro Costa/VC no G1


O oceanógrafo Marcos Paulo fez a foto na Praia do Cassino, em Rio Grande (RS), com uma Canon 50D. ‘Para conseguir a composição de raios fiz uma exposição de 167 segundos, só foi possível porque estava bem escuro’ Marcos Paulo Abe/VC no G1


O analista de sistemas Rafael Penna Leite fez essa imagem na Parada Inglesa, Zona Norte de SP: “Costumo praticar fotos nas tempestades de verão. As condições estavam boas, sem muita chuva vindo na direção da câmera e com bastante raio” Rafael Penna Leite/VC no G1


A partir da janela de sua casa na Favela da Rocinha, Artur Braz, de 23 anos, capturou um dia de agitação no céu do Rio no ano passado. “Para mim é uma coisa corriqueira. Começa a chover eu armo a câmera. Ele usou uma Nikon D90 Artur Braz/VC no G1


‘Saí para fazer fotos em uma cachoeira. O tempo fechou, saí de onde estava e me abriguei. Conclusão: fiquei no local certo e na hora certa’, lembra o fotógrafo Lucien Pinheiro Prouvot sobre o dia em que clicou os raios em Petrópolis (RJ), com uma Nikon F3 Lucien Pinheiro Prouvot/VC no G1


“As grandes descargas elétricas compõem o cenário de ‘devastação’ da maior seca dos últimos 11 anos no reservatório da usina de Furnas”, diz o biólogo Fábio Freire Diniz, de 30 anos, que flagrou a cena em Boa Esperança, MG, em 2012 Fábio Freire Diniz/VC no G1


A ideia de registrar o céu foi da filha do fotógrafo Marcelo Spatafora. ‘Tínhamos uma bela tempestade em São Paulo e ela disse: nunca vi uma foto sua de raio. Peguei a câmera e comecei a fazer testes’, lembra ele, que utilizou uma Nikon D90. Marcelo Spatafora/VC no G1


O analista de sistemas Marcelo Barros Ribeiro sempre procura fotografar raios e tempestades, ‘por gosto pessoal’. O leitor fez os cliques da varanda de sua casa na Barra da Tijuca, no Rio, usando uma Canon EOS 5D Mark II. Marcelo Barros Ribeiro/VC no G1


‘Eu gosto de tirar fotos de natureza, principalmente tempestades’, conta o fotógrafo Ronaldo Poli de Campos, de São José dos Campos (SP). ‘Eu sou um caçador de raios, corro atrás de tempestades’, brinca o leitor, que usou uma Nikon D300 para fazer a foto Ronaldo Poli de Campos/VC no G1


‘Viajo muito e fotografo tudo’, diz o engenheiro Guilherme Jorge, de Curitiba. E foi durante uma viagem a Maringá para visitar a família que ele fez as fotos, com uma Canon Rebel T2i. ‘Coloquei o tripé e mandei 10 segundos de exposição. Foi pura sorte’ Guilherme Tait Jorge/VC no G1


O analista de logística Jose Roberto da Silva tirou a foto da varanda de sua casa, em Mauá (SP), utilizando uma Canon T3i. ‘Eu adoro fotografia, faço fotos de amigos e gosto muito de fotografar natureza’ Jose Roberto da Silva/VC no G1


“Selecionei para disparar uma foto por segundo. Foram 999 fotos, somente 5 fotos com raios e essa foi a melhor”, afirma o empresário Luiz Mauro Socio, que usou uma Go Pro Hero II. A imagem é de fevereiro último na região do Alto de Pinheiros, São Paulo Luiz Mauro Socio/VC no G1


“Hoje, quando tem uma tempestade, eu pego a câmera”, diz o publicitário Marco Aurélio Centenaro Jr, que usou uma Canon T2I dessa imagem em São Paulo. O publicitário de 28 anos diz que, curiosamente, uma semana depois um raio atingiu o seu carro Marco Aurélio Centenaro Jr/VC no G1


A publicitária Erika Rocha, de São Paulo, conta que acertou de primeira. “Nunca tinha feito uma foto de raios antes”, afirma. A imagem é do começo deste ano, em um dos muitos dias de chuvas e trovoadas do verão paulistano, feita com uma Canon G12 Erika Rocha/VC no G1


Da janela de seu apartamento no Parque Continental, em São Paulo, o fotógrafo Thiago Almeida Carvalho registrou uma tempestade no bairro do Jaguaré utilizando uma Canon EOS Xsi. As imagens foram feitas em dezembro de 2012. Thiago Almeida Carvalho/VC no G1


Ronaldo Câmara, de 68 anos, relata que montou um tripé na varanda de seu apartamento no Leblon, Rio, e começou a disparar quando começou a ouvir as “explosões”, isto é, os trovões. E capturou raios com sua Sony 900 e lente 17 mm em uma noite no Rio Ronaldo Câmara/VC no G1

Fonte: G1
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...