miércoles, 20 de febrero de 2013

Comida sob o microscópio




Imagens ampliadas tiradas por cientistas revelam pequenas e surpreendentes estruturas que compõem os alimentos que comemos.
As fotos microscópicas evidenciam formas granuladas, circulares, de flores ou mesmo de colmeia. Brócolis, grãos de milho, tomate e framboesa contêm detalhes curiosos, que são invisíveis a olho nu.


Imagens ampliadas tiradas por cientistas mostram as pequenas estruturas que compõem os alimentos que comemos. Nesta foto, a estrutura de ramos da couve-flor corresponde a uma série Fibonacci, série numérica em que cada número é a soma dos dois que o precedem. 


Estes brócolis de cor lilás (Brassica oleracea italica) são uma boa fonte de ferro e vitaminas A e C. Sua cabeça é composta de centenas destes ramos, cada um parecido com uma flor. 


Esta imagem microscópica mostra a composição do adoçante aspartame. 


Já a estrutura do açúcar, quando ampliada, parece formada por blocos de cristal. O açúcar refinado tem grãos de cerca de 0,5mm. 


O açafrão é uma especiaria derivada de pedaços secos da flor 'Crocus sativus'. A imagem mostra alguns grãos de pólen da flor (os pequenos pontos amarelos).


Acima, a estrutura da pequena fruta mirtilo, chamada de 'blueberry' em inglês, conhecida também como mirtilo no Brasil.


Aqui, os surpreendentes detalhes de uma semente de framboesa, fruta rica em flavonoides, substância que ajuda a lhe conferir a cor vermelha. 


A imagem ampliada em oito vezes mostra o interior de uma pimenta chili.


Aqui, a impressão é que se trata de uma colmeia. Mas estamos vendo, na verdade, a estrutura de um tomate. 

Fonte: BBC Brasil 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...