martes, 5 de febrero de 2013

A desigualdade em imagens

Um concurso de fotos do Banco Mundial premiou onze fotógrafos de dez países por suas fotos retratando a pobreza e a desigualdade em países em desenvolvimento.
Com imagens tiradas em países como Colômbia, Nepal, Egito, Vietnã e Filipinas, os vencedores retrataram ciclos de pobreza que começam na infância e se perpetuam.
As imagens mostram crianças morando nas ruas, brincando com armas de brinquedo e trabalhando desde cedo, em vez de estudar.
Saiba mais sobre o concurso em www.worldbank.org



Onze fotógrafos de dez países venceram o concurso de fotos do Banco Mundial sobre retratos da desigualdade no mundo. Acima, a foto de Juan Cruz Zorzoli, de uma menina brincando com uma bicicleta sem rodas. (Foto Juan Cruz Zorzoli)


Os participantes tiveram que "ilustrar abismos de renda e oportunidade em países em desenvolvimento". Juan Sebastián Lozano Velásquez é o autor desta imagem de crianças colombianas com armas de brinquedo. "Poucas circunstâncias separam essas crianças de empunhar armas de verdade dentro de alguns anos", diz ele.


Robert John Cabagnot fotografou uma tribo indígena Aeta, das Filipinas, "que vive na pobreza e no isolamento", segundo ele. Esta e as demais fotos vencedoras foram selecionadas entre 36 finalistas.


A imagem de Marc Ellison retrata como o vírus do HIV ronda a população de Uganda. Christine, na foto, tem sorte: seu exame de HIV veio negativo.


O fotógrafo Reis Oluwatosin Oladunni abordou o problema do deficit de moradia digna para milhões e milhões de pessoas no mundo.
 

Aqui, um retrato do trabalho infantil no Nepal, feito por Cleopatra Di Benedetto. "Elas começam brincando com pedras e tijolos ao lado de suas mães e logo são incorporadas como trabalhadoras", diz.


Esta foto foi tirada no Sri Lanka pelo jovem Sayanthan Thiviyaraj, de 17 anos. Ele diz que a imagem, que mostra um garoto vendendo cocos na rua, evidencia que o garoto provavelmente não terá a oportunidade de estudar e melhorar de vida.

 
Também no Nepal, Niraj Prasad Koirala retratou um jovem quebrando pedras, ressaltando que "muitos jovens nepaleses não vão à escola porque vivem na pobreza".
 

Maria Zhelikhovskaya fotografou uma criança dormindo na rua de Ho Chi Minh, no Vietnã.


Esta criança, que dorme em uma rua do Cairo (Egito), foi fotografada pela americana Maureen Shelly Dabbagh.


Abigail Generalia fotografou cartazes de protesto montados diante do Departamento de Reforma Agrária nas Filipinas, criticando o que chamam de lentidão para implementar a distribuição de terras no país.

Fonte: BBC Brasil
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...