viernes, 16 de diciembre de 2011

Concurso da National Geographic revelam detalhes escondidos da natureza


O Concurso Fotográfico da National Geographic de 2011 divulgou algumas das imagens enviadas pelos participantes entre os dias 1º de setembro de 30 de novembro de 2011.
O concurso anual premia as melhores fotos de amadores de profissionais nas categorias Pessoas, Lugares e Natureza.
As imagens mostram momentos raros como uma coruja Bufo-real em pleno voo e o momento em que um lagarto espia o fotógrafo de uma folha de palmeira.
Os vencedores do primeiro prêmio em cada categoria ganham US$ 2,5 mil (R$ 4,5 mil) e terão as fotos publicadas na revista National Geographic. Uma das fotos vencedoras também será escolhida para o vencedor do primeiro prêmio geral, que dará ao fotógrafo mais US$ 7,5 mil (13,5 mil).
Os resultados serão divulgados até o dia 15 de dezembro.
Em 2010, a competição anual recebeu 16 mil imagens de 130 países.


O Concurso Fotográfico da National Geographic de 2011 divulgou algumas das imagens enviadas pelos participantes. A imagem acima mostra acampamentos de grupos que escalam o Monte Rainier, nos Estados Unidos. A foto foi feita ao longo de seis horas. Foto: Chris Morin/National Geographic Photo Contest



As três fotos vencedoras nas categorias Pessoas, Lugares e Natureza serão divulgadas até o dia 15 de dezembro. Acima, o voo de um Bufo-real, a maior espécie de coruja do planeta. Foto: Mark Bridger/National Geographic Photo Contest



Os vencedores do primeiro prêmio em cada categoria ganham US$ 2,5 mil (R$ 4,5 mil) e terão as fotos publicadas na revista National Geographic. Na imagem, uma árvore tenta resistir ao inverno no parque Yellowstone, nos EUA. Foto: Anita Erdmann/National Geographic Photo Contest



Uma das fotos vencedoras também será escolhida para o grande prêmio, que dará ao fotógrafo mais US$ 7,5 mil (13,5 mil). Acima, um menino brinca num rio em Laos. Foto: Danny Griffin/National Geographic Photo Contest



Fotógrafos amadores e profissionais participam da competição a cada ano. Na imagem, um lagarto espia o ambiente a sua volta em uma folha de palmeira, no Havaí. Ele estava esperando que o fotógrafo fosse embora para sair. Foto: Lorenzo Menendez/National Geographic Photo Contest



Em 2010, o concurso de fotografia da National Geographic recebeu 16 mil imagens de 130 países. Acima, um pica-pau pousado sobre uma girafa. Foto: Benjamin Bronselaer/National Geographic Photo Contest



Tirada no Cânion Antelope Superior, em território dos índios navajos, nos Estados Unidos, a foto acima mostra o efeito produzido por um punhado de areia jogado na direção de um raio de sol. Foto: Angiolo Manetti/National Geographic Photo Contest



Mulher da etnia Himba, da Namíbia (foto) faz o ritual de untar-se com uma mistura de óleo, argila e cinzas para se proteger do clima do deserto. As mulheres himba não tomam banho e se perfumam diariamente com a fumaça de ervas aromáticas queimadas. Foto: Dominique Brand/National Geographic Photo Contest



Na image, bolas de gás vindas do leito do rio ficam presas na superfície pelo congelamento das águas nas Montanhas Rochosas do Canadá. No, inverno, as temperaturas chegam a 30 graus negativos. Foto: Emmanuel Coupe/National Geographic Photo Contest



Para concorrerem aos prêmios, as fotografias tem que ter sido feitas até dois anos antes da inscrição. Esta, de março de 2011, mostra uma cerca coberta de neve no local de uma construção em Saskatoon, no Canadá. Foto: Sara Worsham/National Geographic Photo Contest



A imagem mostra a destruição causada por um tornado na cidade de Mapleton, no estado americano do Iowa. As fotos do concurso passaram por três rodadas de avaliação para a escolha das vencedoras. Foto: Timothy Wright/National Geographic Photo Contest



Na foto acima, o sol refletido em uma piscina termal do parque de Yellowstone, nos EUA. Foto: Danielle Goldstein/National Geographic Photo Contest


Fuente: BBC Brasil 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...