lunes, 16 de mayo de 2011

Sapoterapia


A fotógrafa Angi Nelson passou a registrar sapos como forma de 'terapia' após ter sido diagnosticada com síndrome da fadiga crônica (Fotos: Angi Nelson).



A fotógrafa conta ser fascinada por tudo que diz respeito aos sapos, desde a cor até o comportamento típico deles (Fotos: Angi Nelson) .



Ela consegue flagrar os animais em poses inusitadas, mantendo uma distância deles de apenas seis centímetros e usando lentes macro que oferecem grandes ampliações (Fotos: Angi Nelson).



Sapos e répteis foram os primeiros temas de suas imagens e não foi difícil encontrá-los, já que seu namorado possui duas lojas especializadas em répteis (Fotos: Angi Nelson).



''Alguns bichos simplesmente ficam ali parados, outros são extremamente ativos e difíceis de serem registrados'', conta Anji (Fotos: Angi Nelson).



Além desses animais, ela gosta de registrar também insetos, aves de rapina, paisagens e pessoas, como neste auto-retrato (Fotos: Angi Nelson).


Fuente: BBC Brasil
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...